Blog Sertão Poeta, Anuncie!

segunda-feira, 31 de maio de 2010

MORRO MAS É DE SAUDADE, DE VOCE MINHA PAIXÃO

MEU MUNDO ESTAVA PERDIDO
VOCÊ ME FEZ ENCONTRAR
ME TROXE UM NOVO OLHAR
DE UM AMOR ADORMECIDO
E ASSIM SE FEZ RESSURGIDO
DAS CINZAS DO CORAÇÃO
COMO UMA NOVA BROTAÇÃO
DEPOIS DA TEMPESTADE
MORRO MAS É DE SAUDADE
DE VOCÊ MINHA PAIXÃO


EU MUITO ESTAVA SOFRENDO
POR ALGUÉM QUE NÃO ME AMAVA
POR QUE ELA ME DESPRESAVA
ATÉ HOJE EU NÃO ENTENDO
MAS AGORA EU ESTOU VIVENDO
BEM LONGE DESSA INLUSÃO
VOCÊ JUNTOU MEU CORAÇÃO
QUE ANTES ERA SÓ METADE
MORRO MAS É DE SAUDADE
DE VOCÊ MINHA PAIXÃO


VOCÊ ME LEMBROU DA VIDA
QUE EU ESQUECI DE VIVER
NÃO QUERIA MAS SABER
DE ACHAR NELA A SAIDA
POIS ELA ESTAVA INVESTIDA
DE DOR E DECEPÇÃO
MAS DEPOIS DO PAREDÃO
ESTAVA LÁ A FELICIDADE
MORRO MAS É DE SAUDADE
DE VOCÊ MINHA PAIXÃO


O QUE EU NÃO IMAGINAVA
GOSTAR DE NOVO DE ALGUÉM
E QUANTO MAIS TAMBÉM
QUE O CORAÇÃO DISPARAVA
ELE NO PEITO ESTAVA
BATENDO SEM RAZÃO
MAS GANHOU UMA POSIÇÃO
AGORA BATE DE VERDADE
MORRO MAS É DE SAUDADE
DE VOCÊ MINHA PAIXÃO


Maio de 2010
(Autor: Mario Almeida)Naturaliadade Sitio Papagaio São José do Egito-PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário