Blog Sertão Poeta, Anuncie!

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

QUEM SOU

sou o que todos quer ser
sou um poquinho de tudo
sou o mestre do estudo
sou o genio do saber
sou a razao de viver
sou a maior alegria
sou a melhor melodia
sou razao da existencia
sou eu a melhor ecencia
sou verso que contagia.

(Autor: JOSÉ NILTON)Naturalidade Sitio Encanto São José do Egito-PE

HUMILDADE

Se estiver precisando de um amigo
eu sou um já estou mim anunciando
se quiser um abraço va falando
se o motivo for outro eu ja le digo
farei de tudo pra ver se eu consigo
resouvido o problema então sucego
precisando de mim eu nunca nego
pois tentando ajudar eu senpre venho
humildade é a arma que eu tenho
egoismo é um virus que não pego".

(Autor: JOSÉ NILTON)Naturalidade Sitio Encanto São José do Egito-PE

ROMANTISMO

Não vou ficar abalado
Porque mim abandonaste
Mesmo que eu tenha desgaste
Não ficarei magoado
Pois eu possuo ao meu lado
Um universo de amor
Eu que sou um beija-flor
Tenho um pomar no terreiro
Quem tem um jardim inteiro
não chora por uma flor

(Autor: NILDO SOARES)Naturalidade Sitio Encanto São José do Egito-PE

FEITIÇO

O tempo não volta mais
Porque ele já passou
Mas tudo que já passou-se
O tempo modificou
Mas foi na sombra do tempo
Que ela me enfeitiçou...
(nildo soares)

( Autor: Nildo Soares)Naturalidade Sitio Encanto São José do Egito-PE

AMOR

UMA PALAVRA PEQUENA
COM QUATRO LETRAS SOMENTE
PEQUENA SOMENTE O NOME
ENORME PRA QUEM A SENTE
ESTA PALAVRA É AMOR
QUEM JÁ SENTIL O SABOR
SENTIRAR ETERNAMENTE...

(Autor:JOSÉ NILTON)Naturalidade Sitio Encanto São José do Egito-PE

BELEZA

Entre milhares de rosas
Você é a que mais brilha
Minha oitava maravilha
A formosa das formosas
A cheirosa das cheirosas
A mais linda poesia
A mais sublime harmonia
A inocência mais pura
A mais bela formosura
princesa da alegria

( Autor: Nildo Soares)Naturalidade Sitio Encanto São José do Egito-PE

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

FALANDO DO MEU NORDESTE

Eu adoro meu nordeste
Terra de imensa beleza
Terra de cabra da peste
Nossa cultura é uma grandeza
É quem produz o alimento
Que sustenta a classe burguesa.

No meu sertão tem quadrilha
Tem novena e forró
Quando é noite o céu brilha
Aqui nunca fico só
Mesmo a chuva sendo pouca
Não quero lugar melhor.

Tem pamonha e canjica
Milho assado e feijão
Nossa terra é muita rica
Tem fogueiras de São João
Podem me chamar de doido
Mas eu amo meu sertão.

Nossa gente é feliz
Esse lugar ninguém xinga
O nordeste é meu pais
Tudo que se planta vinga
Tem muita terra sem mata
Porém tem muita caatinga

O sertanejo quer a roça
De lá ele não se muda
A pela queimada,a mão grossa
Se tiver alguma ajuda
E Deus lhe dando saúde
Do resto ele mesmo cuida

Mulher e homem roceiros
Continuem sempre assim
Mostrando aos brasileiros
Sua bravura sem fim
Produzindo sem veneno
Porque não somos ruim.

10 de agosto de 2010.
(Autor:JOSUÉ MORENO) Naturalidade São José do Belmonte-PE