Blog Sertão Poeta, Anuncie!

terça-feira, 26 de abril de 2011

NÃO SE ESCOLHE DE QUEM GOSTAR, AGENTE GOSTA E PRONTO

GOSTEI DE QUEM NÃO DEVIA
DE QUEM NÃO GOSTAVA DE MIM
NEM COMEÇOU JÁ TEVE FIM
SÓ NÃO A DOR QUE ME CONSUMIA
JÁ DANDO TAQUICARDIA
NO CORAÇÃO UM CONFRONTO
POR ISSO ME SINTO UM TONTO
NÃO ESCOLHENDO QUEM AMAR
NÃO SE ESCOLHE DE QUEM GOSTAR
AGENTE GOSTA E PRONTO

Autor: Mario Almeida

2 comentários:

  1. SE FOSSE PERMITDO ADIVINHAR


    Dediquei-me por dez anos,
    Dei tudo de bom que podia.
    De noite e durante o dia,
    Pensava e vivia ela somente.
    Larguei tudo e simplesmente,
    Levei-a pra junto comigo morar.
    O primeiro ano foi magnífico,
    Depois começou o meu pesar.
    Eu não teria tanto sofrido,
    Se fosse permitido adivinhar!

    ResponderExcluir
  2. É issoaí poeta, concordo plenamente com você!
    Parabéns pelo blog, tá arretado de bom! Elenilda Amaral

    ResponderExcluir