Blog Sertão Poeta, Anuncie!

sexta-feira, 2 de março de 2012

MEU PEITO E O CHÃO

Preparei minha terra pra plantar,
Mas a chuva não veio até agora...
Enfeitei o meu peito para amar,
E a mulher que mais amo foi embora...

Mas as nuvens já vêm anunciar,
Que uma chuva virá regando a flora.
Só não veio ninguém pra me avisar,
Se quem amo virá na mesma hora.

Mesmo assim o meu peito é como o chão,
Sempre fértil, está de prontidão,
Esperando chover bem de mansinho...

Mas um chão, sem chover, pode rachar
E o meu peito, cansado de esperar,
Rachará nessa seca de carinho!

Vinícius Gregório
Fonte: Blog Agroecologia em versos e noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário