quinta-feira, 8 de março de 2012

Salve a Mulher Brasileira (8 de março dia internacional da mulher)



Na rima da poesia, venho homenagear,
A mulher que noite e dia não para de trabalhar.
Com garra e ousadia, luta pelos seus direitos,
A mulher quebra tabus e derruba preconceitos.

Salve mulher brasileira, mulher de todas as raças,
Salve a beleza morena da mulher cheia de graça.
Salve a mulher que sofre que ama e não desiste.
Salve a mulher que luta,que cai,levanta e persiste.

Em versos exalto a luta dessa guerreira audaz,
Combatente incansável, que não desiste jamais.
Mulher é força suprema, pura determinação,
Mulher é garra constante, é a coragem em ação.

Salve a magia existente na fronte dessa guerreira,
salve a perseverança que tem a mulher brasileira.
Salve a mulher indígena, negra, branca e suburbana,
Salve a mulher rural, salve a mulher urbana.

Sou poeta apaixonado,por ela tenho paixão,
na beleza feminina busco minha inspiração.
Canto,em versos,a trajetória da mulher e sua luta,
Desse ser maravilhoso,que não foge da labuta.

Salve o dom de encantar que tem essa criatura;
A coragem de lutar, salve a sua formosura.
Salve Marias, Joanas, salve oh! Musa guerreira,
Salve a mulher e seu dia, salve a mulher brasileira.

(Luiz Carlos Gurutuba)
Fonte: Blog Agroecologia em versos e noticias

Um comentário:

  1. lc-gurutuba@bol.com.br21 de março de 2012 10:17

    Elas,mais do que nunca,merecem cada homenagem.
    Abraços: Poeta Gurutuba

    ResponderExcluir