Blog Sertão Poeta, Anuncie!

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Aprendi

Com minha alma cansada de chorar
Abri mão daquilo tudo que vivi
Mesmo com o coração espedaçado
Enterrei todo o meu passado
Agredi as regras do correto
Andando por caminhos incorretos
Que me levou ao sentido de saber
Que a vida me leva a uma felicidade abstrata
E que depois de tanta caminhada
Eu me vejo novamente desesperada
Chorando em prantos lamentáveis
Por ter seguido mais uma vez
Ingenuinamente, nesta caminhada.

Déborah Ferreira Guimarães.

Nenhum comentário:

Postar um comentário