Blog Sertão Poeta, Anuncie!

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

NÃO É JUSTO EU CHORAR APAIXONADO, POR QUEM TANTO SORRIU DA MINHA DOR!

NÃO É JUSTO QUE EU SEQUE NEM DERRAME
UMA LÁGRIMA QUE SEJA POR ALGUÉM
QUE NÃO QUER O MEU BEM NEM ME QUER BEM
POR MAIS BEM QU’ EU LHE QUEIRA E QU’EU LHE AME
SEM O SAL DO MEU PRANTO DAR VEXAME
NOS MEUS OLHOS VERMELHOS, SÓ DE AMOR
LENÇO MEU, NÃO VAI MAIS MUDAR DE COR
ENXUGANDO ILUSÃO SEM RESULTADO
NÃO É JUSTO EU CHORAR APAIXONADO
POR QUEM TANTO SORRIU DA MINHA DOR!

Zé Adalberto

Enviado por Lucivania de Itapetim

Um comentário: