Blog Sertão Poeta, Anuncie!

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Amante da natureza

Eu sou um apaixonado
Amante da natureza
Eu cuido das minhas plantas
Com todo teor de pureza
Meu jardim meu paraíso
Minha fonte de riqueza

Planto a semente na terra
Eu rego, E ela germina
Nasce, cresce bota frutos
Igual a uma moça menina
São coisas da natureza
São obras da mão divina

Paquero as flores das plantas
Namoro os frutos maduros
Sou noivo da natureza
Casado com o futuro
E vivo no paraíso
Em lua de mel com o ar puro

A água é sangue, é vida
Que através da chuva se lança
Deixando as nossas florestas
Alegres que nem criança
Transformando a paisagem
No verde da esperança

Autor: José Milto (Miltinho)
Da comunidade do Carro Quebrado - Triunfo - PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário